A psicoterapia é um processo imprescindível para o indivíduo, pois trata aquilo de maior importância em nossa vida: a nossa alma, o emocional, o psíquico.

Nós somos o centro de tudo o que acontece ao nosso redor, nossas atitudes, comportamentos, percepções e interpretações. E 90% (noventa por cento) de tudo isso, ocorre automaticamente, ou seja, de forma inconsciente de acordo com a dinâmica psíquica de cada um.

Quando uma pessoa inicia um processo psicoterápico, está investindo em uma viagem para dentro de si em busca de auto-conhecimento, melhor desempenho e satisfação pessoal. Os progressos alcançados durante o tratamento podem ser claramente percebidos em todos os aspectos: social, profissional, nos relacionamentos e na saúde. Ao contrário do que muitos imaginam, a psicoterapia não é indicada apenas para as pessoas que estão sofrendo sérios problemas psicológicos como depressão, síndrome do pânico, fobias, etc, e sim para pessoas que buscam uma melhoria na qualidade de vida, melhor desempenho em suas funções e condições mais favoráveis para a auto-realização. Quando se associa a esse processo, técnicas como a Hipnose Clínica e a Regressão de Memória, tudo isso se torna mais intenso e mais profundo, pois possibilitam um melhor acesso ao inconsciente, bem como a libertação de traumas e programações inconscientes negativas à saúde mental.